Trabalhos em alturas requerem equipamentos que deem mobilidade ao trabalhador, sem comprometer a segurança, e propiciem bons índices de produtividade no serviço. Os melhores equipamentos que auxiliam nesse tipo de trabalho são os andaimes!

Os andaimes fachadeiros ou multidirecionais conseguem suportar, com segurança, os esforços a que serão submetidos. Porém, alguns cuidados devem ser tomados na hora da montagem e utilização do equipamento.

O projeto e a instalação do andaime devem ser acompanhados por profissional habilitado, seguindo as orientações da NR-18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção e da NBR 6.494 – Segurança nos Andaimes, que trazem informações sobre o uso, dimensionamento e montagem do equipamento.

 

Veja a seguir alguns dos erros mais comuns na instalação e utilização de andaimes para se evitar!

 

Não dimensionamento das cargas de trabalho

Os projetos de andaimes devem indicar as cargas máximas de trabalho. É importante estar atento para a distribuição de modo uniforme dessa carga sob a plataforma, sem obstruir a circulação de pessoas. É importante informar a empresa montadora de andaime qual serviço será executado no andaime para fornecer um projeto apropriado.

 

Retirada indevida de componentes do sistema

É comum que os usuários do andaime retirem componentes importantes do andaime como guarda-corpos, rodapés, diagonais, etc. Vale ressaltar que todos os componentes do andaime possuem uma função determinada. Peças como diagonais, por exemplo, são componentes estruturais do andaime e podem, no pior dos casos, provocar o colapso da estrutura. Guarda-corpos servem para a própria segurança dos usuários. Rodapés servem para impedir a queda de materiais, ferramentas, etc. A única empresa autorizada a efetuar modificações no andaime é a empresa de montagem com profissionais aptos a realizar modificações, caso necessário.

 

Acessos no andaime

Andaimes modernos que foram concebidos de acordo com a NR-18 e normas internacionais possuem acessos seguros para deslocar-se de um nível ao outro. As escadas são embutidas nas plataformas do andaime e não atrapalham a movimentação do trabalhador. A passagem de um nível para outro é feita através de um alçapão no piso com dobradiça e trava para serem abertos só quando necessário. Sendo assim, utilize somente andaimes que possuem esses dispositivos. Nunca efetua o acesso “por fora” do andaime.

 

Ancoragem

A ancoragem do andaime é um dos fatores mais importantes. Sistemas de andaimes modernas possuem um sistema especial de ancoragem na fachada. A ancoragem do andaime é feita através de um tubo de aço com garra em uma extremidade e abraçadeira na outra, que é fixado com parafuso de olhal e bucha na fachada do edifício. Evite de utilizar cabos de aço ou cordas na ancoragem do andaime, pois, estes dispositivos não resistem as cargas mínimas.

 

Descolamento de andaimes móveis com trabalhadores
É proibido o deslocamento de andaimes móveis quando houver trabalhadores sobre o mesmo. Todos devem estar seguros para a movimentação do equipamento, uma vez que a permanência de trabalhadores em cima do andaime pode provocar acidentes.

 

Utilização de outros equipamentos sobre a plataforma

É proibido utilizar escadas ou outros elementos que permitam acessar pontos mais altos da obra em cima do andaime. Se necessário, é indicado aumentar a altura do andaime ou estudar a viabilidade de utilização de outro equipamento de trabalho em altura.

 

Piso do equipamento sem proteção

O piso do andaime deve ter forração completa e antiderrapante,  de preferência metálico, ser nivelado e fixado de modo seguro e resistente.

A improvisação e a falta de cuidado na utilização dos andaimes é a principal causa de acidentes. Por isso, consulte uma empresa habilitada na hora de contratar serviços de locação e montagem de andaime.

 

Conheça aqui outros benefícios quando você trabalha com andaimes seguros!

Deixar um comentário